Buscar

Nosso projeto é ECOFEMINISTA

Atualizado: 31 de mai. de 2021

por Gisele Elis Martins


O Projeto Mulheres Unidas pelo Clima (MUC BRASIL) nasce sob uma perspectiva ecofeminista em relação aos impactos das mudanças climáticas no atual cenário de degradação ambiental no Brasil.



O ecofeminismo é vertente do movimento feminista que conecta a luta pela igualdade de direitos e oportunidades entre homens e mulheres com a defesa do meio ambiente e sua preservação.

É por isso que nos apresentamos como ecofeministas, pois o projeto nasceu com o propósito de lutar pela igualdade de gênero e justiça climática.


Temos como essência conectar, sensibilizar e unir mulheres contra a crise climática, facilitando espaços de empoderamento e fortalecimento que resultem na proposição de novas políticas públicas específicas para gênero e clima. Garantindo, dessa forma, igualdade e equidade para as mulheres.


É importante entender que devido a uma combinação de fatores sócio-econômicos, culturais e biológicos, as mulheres muitas vezes são mais afetadas pela devastação do meio ambiente do que os homens.


Segundo a ONU, as mulheres representam 80% do total de pessoas que são obrigadas a deixar seus lares e refugiar-se em outros lugares como consequência das mudanças climáticas. Isso, porque elas têm maior probabilidade de viver em condições de pobreza e menor poder socioeconômico, o que por fim faz com que tenham mais dificuldades em se recuperar de situações extremas como desastres naturais.


Um relatório divulgado pelo Fundo para População das Nações Unidas (UNFPA) mostrou que as mulheres mais pobres em países menos desenvolvidos são as principais afetadas pelo clima e ao mesmo tempo são as que menos contribuem para o aquecimento global.


O Ecofeminismo

Nos anos 70, a feminista francesa Françoise d´Eaubonne criou esse termo, Ecofeminismo, para explicar como a luta pelos direitos das mulheres está relacionada com as reivindicações por um mundo mais sustentável.


O Ecofeminismo é uma das consequências, muitos positivas por sinal, do empoderamento das mulheres, que decidiram tomar as rédeas pela defesa tanto dos seus corpos como do ambiente que as rodeia. Isso porque, as ecofeministas enxergam uma raiz em comum entre as causas da destruição do meio ambiente e a degradação da mulher.


**Esse texto foi produzido com informações do artigo “Ecofeminismo: você sabe o que é esse movimento?”, do site http://www.politize.com.br


24 visualizações0 comentário