top of page
Buscar

Muc Brasil lança novo projeto “Mulheres da Lagoa de Ibiraquera” em 2023



O Projeto “Mulheres da Lagoa de Ibiraquera” está de volta! Depois de dois anos, quando realizamos a primeira versão, voltamos com novas propostas e desafios diferentes. Este ano as atividades envolvem ações de incidência no território, além de atividades de educação ambiental e um evento que promete ser uma iniciativa inédita para mulheres na região.


Em 2023 o projeto se chama “Mulheres da Lagoa de Ibiraquera: em ação pelo fortalecimento comunitário e justiça climática”. As atividades começam no segundo semestre na Comunidade de Ibiraquera, em Imbituba, litoral sul de Santa Catarina.


A continuidade do projeto é resultado da aprovação do Movimento Mulheres Unidas Pelo Clima (Muc Brasil) pela terceira vez na Chamada “Mulheres Liderando a Ação Climática 2023”, com apoio do Fundo Casa Socioambiental, através da Aliança GAGGA (Global Aliance for Green and Gender Action), e parceria local do Conselho Comunitário de Ibiraquera (CCI).



Planejado com base em demandas da comunidade levadas ao CCI em oficinas comunitárias de revisão do Plano Diretor Municipal e outras demandas feitas por busca ativa junto às mulheres da localidade, tem como propósito realizar ações práticas de orientação, educação ambiental e levantamento de dados necessários para uma maior proteção socioambiental do território.


As ações propostas consistem em práticas de mapeamento para o georreferenciamento de nascentes e banhados, sinalização de áreas de preservação permanente (APPs), aliada a atividades de educação ambiental sobre resíduos sólidos, e encontros de engajamento, mobilização e fortalecimento de mulheres que vivem na região da Lagoa de Ibiraquera, que é uma das principais lagoas do complexo lagunar do sul do Brasil.



“Com ações interconectadas que unem a prática e a teoria interligadas aos impactos das mudanças climáticas e de igualdade de gênero, pretendemos atender às demandas dos diferentes grupos de mulheres e da comunidade em geral, na defesa dos direitos socioambientais e do fortalecimento comunitário”, destaca a Diretora de Estratégia e Comunicação do Muc Brasil, Gisele Elis.


Todas nossas ações serão realizadas por mulheres e moradores da comunidade, incluindo as prestações de serviços, contando também com o apoio da organização parceira local, que tem sua diretoria formada em sua maioria por mulheres.



“Pretendemos engajar e fortalecer a comunidade com ações de que darão visibilidade à importância da proteção e conservação socioambiental do território, principalmente das áreas de nascentes e banhados, cada vez mais impactadas pelo desmatamento, especulação imobiliária e construções irregulares nesta região de extrema importância ecológica e pesqueira”, complementa a Diretora Administrativa e de Educação Ambiental do Muc Brasil, Cristiane Bossoni.



Saiba mais sobre a região onde acontecerá o projeto:


Com perímetro de 30,478 km e área: 8,935 km², possui uma pequena parte que pertence ao município de Garopaba e a maior ao município de imbituba, sendo a parte da barra, abrangida pela Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca (APABF).


Ainda a comunidade está rodeada de praias turísticas mundialmente conhecidas pela sua beleza singular, como a Praia do Rosa, que é considerada umas das 30 baías mais belas do mundo pelo prestigiado Clube das Mais Belas Baías do Mundo (The Most Beautiful Bays in the World - TMBBW Club).



Jornalista responsável:

Texto: Gisele Elis (MTB 6822)




57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page